Meu mundo, minhas ideias, EU!

O mercado profissional é extremamente competitivo, por isso é fundamental aproveitar
ao máximo cada oportunidade que surge. Um CV bem apresentado e bem escrito é um
passo importantíssimo, podendo significar a diferença entre um educado
“obrigado, mas não temos vaga no momento” e um convite para uma entrevista.
Então, por onde começar? Não existe maneira melhor de saber, senão perguntarmos
aos próprios empregadores. Perguntamos a 200 profissionais de Recursos Humanos
o que gostam e o que não gostam de ver em um CV.
Os comentários a seguir foram tirados desse questionário. Você pode utilizá-los
como um guia valioso que lhe permitirá a certeza de que está apresentando, aos
seus potenciais empregadores, o documento que pode fazer a diferença entre o
sucesso e o fracasso.

Carta de apresentação


De acordo com 90% dos entrevistados, a carta de apresentação deve incluir os
motivos que levam uma pessoa a candidatar-se à determinada vaga de emprego.
Metade dos entrevistados prefere uma carta manuscrita, para que possa verificar
a caligrafia do candidato, e 41% preferem uma carta feita no computador, mas
com o cabeçalho e a assinatura manuscritos. Seguem alguns de seus comentários:
"A carta de apresentação é tão importante quanto o CV."
"Faça uma carta de apresentação curta e direta. Assim reduz a
possibilidade de você se enganar!"
"Um CV chegou com uma carta de apresentação que dizia: "Exmo. Sr., o
CV diz tudo." A minha resposta foi: “Exmo. Sr., lamento, mas …”
CV
Em relação ao conteúdo do curriculum vitae, 91% dos entrevistados preferem que
o histórico profissional do candidato seja apresentado em ordem cronológica
invertida. Setenta por cento consideram que devem ser mencionadas todas as
qualificações, mas, conforme o crescimento profissional da carreira, apenas as
habilidades acadêmicas e profissionais mais importantes são indispensáveis.
Além das informações relativas às qualificações, os empregadores também
precisam saber informações pessoais do candidato, como nome, estado civil,
nacionalidade, hobbies e interesses.


Como em qualquer texto escrito, o receptor da mensagem deve ser levado em
consideração. Pense na informação de que necessitaria se estivesse no lugar do
recrutador e quais assuntos são ou não relevantes. Seguem alguns comentários
que obtivemos na pesquisa com profissionais de Recursos Humanos:
"O CV deve ser elaborado de modo que reflita a função a que se candidata,
identificando as habilidades e experiência profissional apropriadas à
função."
"Ao destacar as suas responsabilidades, identifique as características da
vaga que, em sua opinião, são fundamentais. Mas cuidado para não eliminar as
demais informações."
"Destaque sempre os aspectos positivos das suas habilidades e experiência
profissional e procure relacioná-las com a posição a que se candidata e com a
estrutura da organização. Um CV feito na medida de uma determinada vaga de
emprego tem mais possibilidades de ser bem-sucedido do que um CV padrão, que é
automaticamente impresso e enviado para qualquer empresa sempre com o mesmo
formato e mensagem."


"A parte das realizações é a parte mais importante: o que os candidatos
fizeram e o que mudaram." "O CV deve ser elaborado de modo que
reflita os pontos fortes, a experiência profissional e o conhecimento
necessários à função a que se candidata – seja sincero ao escrever."


"Não tente colocar muita informação. Um CV deve fornecer ao empregador um
‘retrato’ do candidato com informação suficiente, de modo que desperte o
interesse e faça com que o entrevistador queira conhecê-lo pessoalmente e saber
mais informações a seu respeito."
"Confirme TUDO o que escreveu. Uma mentira será sempre notada."


Layout & Estilo


De acordo com as respostas fornecidas, os três erros mais freqüentes referem-se
à ortografia, gramática e aspecto geral do CV. Dedique algum tempo para
corrigir qualquer erro e siga alguns dos conselhos que obtivemos no nosso
questionário:
"Mantenha a estrutura do seu CV simples e destaque os títulos em negrito,
permitindo que a informação seja rapidamente encontrada." "Um CV
fácil de ler, feito no computador e em um formato correto são pontos essenciais."


"Peça sempre para alguém ler o seu CV – não existe nada pior do que um CV
com erros de escrita ou outros erros."
"Conseguir uma entrevista é, hoje, o componente mais difícil para arranjar
um novo posto de trabalho. Perder algum tempo no formato do seu CV melhora as
suas possibilidades. Certifique-se de que o seu CV está feito de uma forma
clara, direta e sem informações desnecessárias."


E finalmente…
Lembre-se de que o seu potencial empregador terá muitos CVs para ler e quem se
expressar com maior clareza será selecionado para uma entrevista. Facilite ao
máximo o trabalho de quem vai ler o CV e demonstre que sabe como fazer valer a
sua mensagem sem ter de escrever um livro! Não se esqueça de verificar uma
última vez o que escreveu!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: